Energia solar fotovoltaica

A Manrio conta com um grupo de especialistas em instalações elétricas, Engenheiros capacitados e habilitados pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), Eletricistas com NR-10 em dia, constantemente treinados, devidamente uniformizados e EPI (Equipamento de Proteção Individual) certificados. Portanto, podemos oferecer um serviço de alta qualidade na área Industrial, Predial e residencial com garantia e segurança.   

Conceito e aplicação

O que é o sistema de energia solar fotovoltaica?

Um sistema de energia solar fotovoltaica, também chamado de sistema de energia solarou, ainda, sistema fotovoltaico, é um sistema que gera energia elétrica através da radiação solar.

Ele pode ser de dois tipos:

  • Sistema isolado: é aquele utilizado em locais remotos, onde o custo de se conectar a rede elétrica é muito alto. É muito comum em casas de campo, por exemplo.

  • Sistema conectado à rede de distribuição: substitui ou complementa a energia elétrica convencional disponível na rede elétrica.

O dimensionamento

Primeiramente, o instalador irá verificar o quanto de eletricidade sua casa, escritório ou indústria consome em determinado período, para calcular qual deve ser a capacidade de seu sistema fotovoltaico.

Os painéis de energia solar só devem ser instalados em áreas que recebam sol por mais de quatro horas por dia.

Assim, se o telhado da sua residência recebe muita sombra, se existem prédios altos ao redor ou previsão de construções que ultrapassem o tamanho da residência por perto, o sistema de energia solar não é uma opção viável para você.

Depois, o instalador irá conhecer o local onde você deseja instalar os equipamentos, para avaliar as condições físicas e, então,

definir como será seu sistema.  Isso inclui especificar os equipamentos mais adequados (tipo, modelo e quantidade de módulos fotovoltaicos e inversores), como  os módulos devem ser ligados, a melhor posição, qual o melhor posicionamento para garantir a melhor  eficiência, qual a melhor estrutura para fixação dos módulos e se serão necessárias obras estruturais para, por exemplo, suportar o peso do sistema ou para proteger o telhado. O  projetista/instalador deverá preparar um projeto das instalações de conexão à rede. 

Quais as vantagens de instalar um sistema de energia solar?

São várias as vantagens, entre elas podemos citar:

  • Redução de até 95% do valor da sua conta de luz;

  • Valorização de cerca de 8% do seu imóvel;

  • A energia solar é mais barata que a energia que você compra da rede;

  • Você pode planejar, a longo prazo, seus gastos com energia elétrica;

  • A manutenção é barata, basta limpar os painéis com pano quando estiverem sujos;

  • A instalação é simples e rápida, podendo ser feita em apenas 4 dias;

  • O sistema de energia solar é silencioso;

  • Quando bem cuidado, o sistema pode durar 25 anos ou mais;

  • Se você tem um sistema de energia solar, ficará livre do pagamento de multa em caso de racionamento de energia elétrica;

  • Retorno total do investimento feito em cerca de 5 a 7 anos.

Muitas pessoas estão investindo na instalação de energia solar com o pensamento no futuro. Esses dias estava conversando com um amigo mais velho, que está prestes a se aposentar, ele decidiu instalar um sistema de energia solar, pois ao se aposentar, não terá despesa com a conta de luz, ou será mínima sua conta.

Dessa forma, ele terá uma economia que pode ser convertida em mais lazer e bem estar.

Formato de geração de energia que você pode utilizar!

AUTO CONSUMO REMOTO

Você pode compensar o consumo elétrico com créditos gerados também em unidades consumidoras em outro local, desde que esteja na mesma área de atendimento da distribuidora e no nome do mesmo titular.

Um exemplo seria você instalar um sistema FV em sua casa de praia e usar os créditos gerados lá para compensar o consumo de um apartamento no centro da cidade.

GERAÇÃO EM CONDOMÍNIOS

Condomínios horizontais ou verticais também podem instalar microgeração solar e repartir os créditos entre os condôminos. Nesse caso, aplicável tanto a condomínios residenciais quanto comerciais, toda a energia gerada e injetada na rede pode ser rateada entre os participantes, sem necessidade de utilizá-la para redução da fatura de energia do próprio condomínio (consumo nas instalações internas,  iluminação comunitária, elevadores, etc.).

GERAÇÃO COMPARTILHADA

Consumidores podem formar um consórcio ou cooperativa que pode reunir pessoas físicas ou jurídicas para repartir a energia gerada por um gerador solar FV e, assim, participar do Sistema de Compensação de Energia. O sistema de geração pode ser instalado em local diferente do consumo, mas deve estar em uma unidade sob a titularidade do consórcio ou da cooperativa, e na mesma área de concessão ou permissão dos consumidores participantes. Os créditos gerados podem ser utilizados pelos cooperados/consorciados em suas unidades consumidoras, em porcentagens previamente definidas por eles.

Tarifa branca: para quem é?

Modalidade tarifária permite ao consumidor pagar preços diferentes pela energia, em função do horário de utilização

Na prática, a Tarifa Branca é interessante para consumidores que podem optar pelo consumo mais alto de energia fora dos horários de ponta. “Em dias úteis, são três valores tarifários: ponta, intermediário e fora de ponta. Neste último, bem como em finais de semana e feriados nacionais, o custo da eletricidade é mais baixo. 

Para ter certeza se a opção pela Tarifa Branca é vantajosa, o consumidor deve comparar as contas com a aplicação das duas tarifas, por meio de simulação de hábitos de consumo, ou pelo uso de um medidor capaz de registrar os horários de utilização de energia.

Para ter certeza se a opção pela Tarifa Branca é vantajosa, o consumidor deve comparar as contas com a aplicação das duas tarifas, por meio de simulação de hábitos de consumo, ou pelo uso de um medidor capaz de registrar os horários de utilização de energia.

 

Leia mais em http://geracaosmartgrid.com.br/tarifa-branca-para-quem-e/

Manutenção

A manutenção de sistemas fotovoltaicos é mínima. de qualquer modo, você pode tomar alguns cuidados para manter seu microgerador funcionando com eficiência e por muito tempo. Faça regularmente uma inspeção visual nos inversores, para verificar se não há insetos morando em seu equipamento.

Fique atento a potenciais sombreamentos causados por fatores não previstos antes da instalação do sistema. lembre-se: antes de instalar seu microgerador é importante fazer um estudo de sombreamento para garantir a eficiência dele. 

 

De modo geral, não é preciso limpar os módulos fotovoltaicos, já que, devido à inclinação, a própria chuva encarrega-se de fazer esse trabalho. contudo, se os módulos forem instalados com pouca inclinação (cidades próximas à linha do equador, por exemplo) ou estiverem perto de locais onde há muita poeira ou particulados no ar (aeroportos, fábricas, etc.), faça um acompanhamento para observar se há um depósito muito grande de poeira, fuligem ou outro elemento sobre os módulos, já

que isso pode reduzir a eficiência do sistema.

SELO SOLAR

A fonte energética utilizada para a fabricação de um produto ou na iluminação de um escritório está longe de nossos olhos. Como você, consumidor, pode saber de onde vem a energia que ilumina os corredores do supermercado que frequenta ou que alimenta os maquinários de uma fábrica apenas olhando para um produto ou para o nome de uma empresa?

O Selo Solar foi criado justamente para dar forma a algo que não se vê – a eletricidade. Toda a vez que você vir essa imagem ao lado, pode confiar que uma parte da eletricidade consumida pela empresa vem da energia do Sol.

Os painéis solares captam a luz solar por meio de suas células fotovoltaicas e a transformam em energia elétrica de corrente contínua. Depois um inversor converte a energia contínua para corrente alternada, que é o formato utilizado em nossas tomadas.

Assim, podemos dizer que um sistema de energia solar possui quatro componentes básicos:

  • Painéis solares: são responsáveis por captar a energia e transformá-la em eletricidade. Podem ser um ou mais painéis e são dimensionados de acordo com a demanda de energia utilizada.

  • Controladores de carga: evitam sobrecargas ou descargas exageradas na bateria, aumentando sua vida útil e o desempenho.

  • Inversores: são responsáveis por transformar os 12 V de corrente contínua (CC) das baterias em 110 ou 220 V de corrente alternada (AC), ou outra tensão desejada. E no caso de sistemas conectados, também são responsáveis pela sincronia com a rede elétrica.

  • Baterias: armazenam a energia elétrica para que o sistema possa ser utilizado mesmo quando não tiver sol.

Fonte de informações: http://www.americadosol.org/guiaFV/

Serviços que disponibilizamos

Consultoria

A MANRIO disponibiliza seu corpo de profissionais nas diferentes disciplinas para prestar consultoria junto ao cliente de forma a suportar suas necessidades técnicas.

 

Criação de
Projetos

O cliente recebe de forma detalhada todas a informações de engenharia pertinentes ao projeto, seja ele na fase básica ou executiva.

 

Relatório
Técnico

Em atendimento as demandas de mercado, disponibilizamos, os serviços de relatórios e laudos técnicos para assegurar ao cliente, total segurança de seus sistemas, apontando as devidas correções

 

Turnkey

A MANRIO o ferece aos nossos clientes a posssibilidade do regime "Turnkey", regime de trabalho que consiste no fornecimento de um pacote completo de serviços e soluções para um projeto em todas as suas etapas desde a consultoria inicial à manutenção posterior. 

 

® Todos os diretos reservados - MANRIO